Todos nós já nos apaixonamos alguma vez, pode ser platônico ou pode ser um relacionamento completo.

Se você passou por términos no passado, esse artigo irá refrescar sua memória sobre como pode acabar transformado amor em ódio por uma pessoa que amava.

Já para aquelas sortudas que estão em um relacionamento, isso pode servir de dicas de como não terminar odiando a pessoa que ama. Se mantiver essas dicas em mente, pode ter menos chances de transformar amor em ódio, e seu relacionamento poderá florescer.

10. Não ter tempo o suficiente

Relacionamentos dependem somente de quanto tempo você passa com a outra pessoa. Se você tem diversas ideias planejadas para o seu parceiro, mas não tem tempo de executá-las, isso é um problema. A não ser que dê tempo suficiente para seu parceiro, as coisas não mudarão.

Você pode ter muitos trabalhos importantes, mas aprenda a priorizar as coisas. Quando você não tem tempo para a outra pessoa, é quando sentimentos negativos começam a aparecer. Tire um dia do trabalho, vá para casa mais cedo e surpreenda a pessoa que ama. Aprenda a ter tempo e as coisas ficarão tranquilas eventualmente.

9. Mentir

No momento em que um parceiro começa a esconder coisas do outro, é o momento em que a forte conexão do amor pode se quebrar facilmente. Mentir para a outra pessoa basicamente mostra que ou você não confia em seu parceiro para te apoiar em uma determinada coisa ou está fazendo algo que sabe que o outro desaprovaria. Mentir quando está preparando uma surpresa ou coisas pequenas assim, não tem problema, mas quando a mentira é sobre assuntos importantes, tudo pode piorar.

A pior parte é quando a outra pessoa descobre sobre a mentira. Isso faz com que a confiança termine e o seu parceiro não se sinta mais confortável com você. É assim que tudo vai transformar o amor em ódio.

8. Tentar mudar seu parceiro

Algumas vezes, você deve pensar que somente porque seu parceiro te ama, estaria disposto a fazer qualquer coisa por você e até mudar quem é completamente. Mudar coisas pequenas e hábitos menos importantes não é problema, mas quando tenta mudar seu parceiro para se adaptar a suas necessidades é que os problemas começam a aparecer.

Você basicamente não ama a pessoa por quem ela é, na verdade quer mudar a pessoa completamente para poder amá-la. Em algum momento, essa pessoa perderá sua identidade original e se tornará seu marionete. Essa é a razão que seu parceiro pode te culpar pela pessoa que se tornou.

7. Brigas

Brigas são a coisa mais natural em todos os relacionamentos. O importante aqui é a intensidade e frequência das brigas. Pequenas discussões de vez em quando não são problema e são fáceis de lidar; na verdade, as brigas são conhecidas por aproximar as pessoas, mas só se forem raras e por razões legítimas.

O dia em que vocês começarem a brigar sem motivos é quando deve-se prestar atenção. As brigas podem ir de pequenas a cada vez piores, e uma das brigas se torna o motivo para o fim da relação. Não deixe isso acontecer. Parem de brigar sem motivos.

6. Subestimar seu parceiro

Quando você não é mais uma prioridade como era antes, é quando os problemas começam a aparecer. Você ama uma pessoa, mas agora essa pessoa começa a te subestimar. Ele não se importa mais com você da forma que fazia antes, ele mantém outras prioridades antes de você porque sabe que você já está na vida dele e não vai a lugar nenhum além.

O dia em que esses sentimentos aparecem é o dia em que a pessoa que está sendo subestimada começará a pensar duas vezes sobre o relacionamento e quanto à pessoa envolvida. Não deixe isso acontecer.

5. Irritações difíceis de lidar

Todos nós já odiamos alguma coisa tanto que não aguentamos quando outra pessoa faz isso. Nós nunca gritamos com o namorado por deixar a tampa da privada levantada? Você já se sentiu irritada quando seu namorado não entendeu o caminho?

Todos nós passamos por situações em que ficamos irritados com nossos parceiros. Algumas vezes essas situações são tão frequentes que causam uma irritação que você não consegue lidar. Você sente vontade de destruir tudo.

É quando o tranforma-se o amor em ódio. Esse tipo de situação não deveria acontecer. Apenas sente-se e converse com seu parceiro.

4. Falta de conversas

Você deve ter ouvido várias vezes casais dizerem que não conversam mais como antes; também costumam dizer que não têm mais aquele “clima” entre eles. Isso normalmente acontece devido à falta de conversas e discussões. Um dos fatores mais importantes em um relacionamento é ter conversas constantes e se manter atualizado sobre o que está acontecendo na vida da outra pessoa.

Conversar pode melhorar ou terminar a relação. Um dos jeitos mais comuns em que os relacionamentos terminam é por falta de comunicação. Uma conversa durante o café não precisa de muito esforço e depois disso, conversar com seu parceiro se tornará um hábito.

3. Falta de romance

Quando um relacionamento começa, o romance está em seu auge. Você leva seu parceiro para um jantar à luz de vela e diz “eu te amo” sempre que pode. Basicamente, você se esforça mais e tenta além do normal para ver seu parceiro feliz.

Mas conforme o relacionamento, avança você percebe que o romance e o charme estão acabando. Você para e lembra-se de todos os momentos anteriores e imagina porque as coisas mudaram tanto.

Você costuma perguntar sempre ao seu parceiro sobre isso também, mas tudo que ele diz é “nós crescemos”. Não deixe que esse ‘crescer’ tome conta e sempre seja aquela criança inocente e pura quando se trata de um relacionamento. Ser romântico nunca será ruim.

2. Possessividade exagerada

É normal sentir um pouco de ciúmes quando vê seu parceiro conversando com outra pessoa ou a elogiando. Também é normal quando vocês têm briguinhas fofas sobre possessividade, mas as coisas ficam ruins quando ela fica exagerada.

Quando você se torna possessivo demais, você começa a questionar seu parceiro por cada ação deles. O ciúme bonitinho se torna negativo e toda a ideia muda. Você sente medo até de conversar com uma pessoa do sexo oposto porque acha que será razão para uma briga entre vocês dois.

Se o fator de possessividade exagerada aparecer, não demorará em começar a transformar o amor em ódio ao seu parceiro.

1. Traição

A pior coisa que pode acontecer em um relacionamento é quando o seu parceiro te trai. Quando isso acontece, é o momento que você realmente se machuca, e depois começa a odiar a pessoa. Você começa a odiar cada aspecto da outra pessoa, até mesmo pensar nela enche seu coração de ódio. Isso porque você nunca poderia imaginar essa pessoa quebrando sua confiança desse jeito.

Os momentos que você compartilhou com essa pessoa agora estão acontecendo com outra e não mais com você. A traição é constantemente lembrada sempre que vê seu parceiro. Desse modo, a traição geralmente é difícil de perdoar e se tornou a principal razão para o término de relacionamentos e para a transformação do amor em ódio.