Não é raro ter um amigo pelo qual a gente se sinta atraída. E na maioria das vezes é só isso mesmo, pura atração, você não quer nenhum compromisso, mas também não quer deixar de ser amiga dele. O melhor disso tudo é que seu amigo pode estar querendo a mesma coisa que você. Ele sente atração, não quer compromisso e quer continuar a amizade.

Mas quando o assunto é sexo casual com uma pessoa que você verá mais vezes, os papéis de cada um podem não ficar muito claros. Portanto, é necessário estabelecer algumas regras para que vocês saibam exatamente o que esperar desse relacionamento. Confira as 10 regras para ter um amigo para transar.

1. Vocês são amigos que transam

E apenas isso. Você não deve esperar que ele te apresente à família dele e nem que ele fique te dando satisfação de tudo que faz da vida, o mesmo vale para ele.

2. Vocês não são exclusivos um do outro

Via de regra, ter um amigo para transar implica em não ter compromisso. Se você tem um amigo com quem faz sexo casualmente, mas vocês são exclusivos, repense o seu tipo de relacionamento, talvez vocês sejam mais do que só amigos que transam de vez em quando. Se são apenas amigos que transam, então vocês têm o direito de ver outras pessoas. E isto nos leva à próxima questão que é…

3. Não tenha ciúmes

Esteja pronta para vê-lo com outra menina ou para simplesmente ouvi-lo falar em outra mulher. Não tenha e não demonstre ciúmes, pois você está em um relacionamento do tipo “ninguém é de ninguém”.

4. Quando conhecer alguém novo…

… não termine seu arranjo com seu amigo por causa desse novo alguém. Essa é uma das vantagens desse tipo de amizade: você pode continuar transando com seu amigo enquanto não sabe se deve investir no novo carinha de forma séria. Se depois de alguns encontros você achar que vale a pena investir no novo parceiro, então termine seu caso com seu amigo, afinal de contas, se quer se comprometer com o outro, precisa levar a sério. Mas enquanto não for nada sério, divirta-se!

5. Mantenha o relacionamento no quarto

Isso quer dizer que andar de mãos dadas, trocar um beijinho rápido, tudo isso está fora de cogitação. “Mas não há mal nenhum nisso”, você pensa. Pensou errado. O problema desse tipo de troca de afeto é que as coisas começam a se misturar, pois ela é mais típica de um namoro do que um relacionamento que é apenas sexo casual.

6. Use camisinha

Nem precisava dizer, afinal, camisinha tem que ser usada sempre. Acontece que no caso do amigo para transar, você se sente mais familiarizada com ele e por confiar nele, pode acabar caindo na tentação de dispensar a camisinha. Mas lembre-se que você e ele podem ter outros parceiros, portanto, camisinha sempre!

7. Contar aos outros amigos, sim ou não?

Isso é uma coisa a ser discutida entre vocês, mas em geral não é uma boa ideia contar para as outras pessoas. A maioria delas não entende este tipo de relacionamento e pode acabar criando um clima desconfortável no grupo – as pessoas te tratando como se você fosse a namorada dele e coisas do tipo. Melhor evitar esse tipo de problema.

8. Seja discreta nas redes sociais

Semelhante ao ponto anterior, ser discreta nas redes sociais é de bom tom, porque protege si mesma e ele de situações constrangedoras. Escrever coisas como “a noite foi foda, literalmente” levanta suspeita entre seus amigos em relação à sua companhia.

9. Não compartilhe questões emocionais muito fortes

Compartilhar questões sentimentais como o divórcio de seus pais ou qualquer coisa assim pode favorecer uma aproximação emocional indesejada. Se você é quem compartilha, pode ser que você se aproxime emocionalmente dele e ele não se aproxime de você e aí é sofrimento na certa. A recíproca também é verdadeira.

10. Não faça isso com um amigo de quem você realmente goste

Você pode até achar que se se envolver sexualmente com ele, ele se interessará por você e vai querer um namoro. Nem sempre é o caso. Se você realmente gostar do cara, este tipo de caso muito provavelmente só vai te machucar. Portanto, ou caia fora ou tente conquistar seu amigo para namorar com você.