As circunstâncias individuais que rodeiam um divórcio determinarão como você lida com a cena social e de namoro como uma solteira.

Você provavelmente estará aterrorizada em descobrir que o mundo social do namoro mudou sem você e que ninguém pensou em te explicar as regras.

Mas aqui nós podemos te ajudar a aprender como arranjar um namorado novamente. Confira estas 5 dicas:

1. Dê tempo a si mesmo após o divórcio

Não se apresse para redescobrir quem você é e se adaptar a seu novo status de solteira, não se surpreenda se um leque amplo de sentimentos de repente tomar conta de você, inseguranças e inadequações podem vir à tona.

Normalmente, quando você menos as espera.

Não as reprima, não tenha medo de chorar; é emocionalmente purificante e cicatrizante.

Quando você lida com estas emoções enterradas, você está no processo de superação do seu divórcio, e espera-se que tente encontrar sentido e aceitar o fim do casamento, seja lá qual for a razão.

2. Foco

Tente focar na socialização geral, sair tanto com amigos homens como mulheres ou em grupo, isso vai aumentar sua confiança e habilidades sociais até para saber aos poucos como arranjar um namorado novamente.

Deixe-se ser feliz, gargalhar e se divertir, você não precisa de permissão.

Essa é seu momento de descobrir sua nova fase de vida.

Se amigos que te querem bem trouxerem convenientemente um cara de quem nunca ouviu falar para o grupo da sua noite, tente não se sentir ofendida ou ameaçada porque seus amigos estão tentando cuidar de você.

Você pode estar sensível demais para perceber que isso pode ser também uma tática por parte de seus amigos, algo que você provavelmente e naturalmente não pensou, mas que acontece frequentemente, de ver você como uma ameaça.

Você também pode se sentir culpada de inconscientemente flertar de forma inofensiva, na medida em que sua confiança crescente te mostra mais atraente e interessante do que antes.

Essa percepção diferente dos seus amigos acerca de você pode machucar, mas antes de começar a se sentir inaceitavelmente desconfortável na companhia deles, com medo de que uma palavra ou ato inocente pode ser mal interpretado, tente lidar com a situação, mostrando que não é uma ameaça ou competição, antes que isso arruine amizades e você se sinta traída.

3. Primeiras impressões

As primeiras impressões importam, não é lenda urbana, é verdade.

Avalie criticamente como se veste, com um novo insight de como as pessoas te veem.

Você não precisa implementar mudanças radicais, um cuidadozinho extra ou mudanças no estilo e aparência farão você se sentir bem em relação a si mesma quando sair e mais confiante para saber como arranjar um namorado.

4. Evite comparações com seu ex

Tente não comparar. Pode ser muito difícil parar de fazer comparações, mas procurar similaridades boas ou ruins está destinado ao fracasso.

Vai arruinar suas chances de conhecer alguém novo, destruindo qualquer possibilidade de uma pessoa diferente, só porque personalidade e atitude do cara não segue sua lista de requisitos fixada na sua mente.

É muito difícil parar de fazer uma lavagem cerebral em si mesma por pensar que algo que é diferente não é certo ou aceitável.

Ninguém quer sentir que está sendo negada a possibilidade de ser um substituto, inclusive você.

Também não adianta usar qualquer encontro com alguém novo como uma psicanálise emocional, quando o único tópico de conversa volta sempre a ser seu ex.

Pode ser irritante, desanimador e provavelmente insultante.

5. Acessórios

Levamos conosco acessórios e coisas dos nossos relacionamentos anteriores e história de vida, como acontece normalmente.

Sejam emocionais ou físicas, estes acessórios são parte de nós que devem ser vistos como um pacote completo, não há condições, é tudo ou nada.

Isso pode ser visto como uma desvantagem se você quer aprender novamente como arranjar um namorado.

Quando você conhece alguém novo, apesar de não ser uma boa ideia dar um resumo completo da sua vida até os primeiros minutos de conversa, mentir ou distorcer a verdade também não é uma boa ideia.

É justo ser honesta se te perguntarem sobre quaisquer responsabilidades, filhos ou qualquer coisa deixada do seu divórcio, incluindo qualquer contato com seu ex.

Amigável ou não.

Histórias de advertência

1. Você pode sentir-se corajosa o suficiente para tentar todas as abordagens novas no namoro.

Pode haver tantas histórias de sucesso quanto de fracasso por aí que se torna confuso e assustador pensar no que vai funcionar para você ou com o que você se sente confortável.

2. Se você está curiosa sobre namorar online, apenas lembre-se de algumas regras para se preservar, tenha cuidado, tenha consciência e se cuide.

Nem todo mundo é completamente honesto na vida real, online é até mais fácil de ser criativo com a verdade; alguns podem até usá-la como a melhor encenação.

3. Encontro rápido é outra abordagem moderna; se você quiser tenta-a, enxergue-a como um compromisso social no seu calendário, vá com uma amiga e se não te apetecer, pelo menos você experimentou uma noite interessante e pouco comum.

4. Seus hormônios serão responsáveis por algumas das suas experiências variadas, sem falar nas ficadas de uma só noite, não há problemas em deixar de lado suas inibições e explorar essa área de ligações breves e descompromissadas.

Porém, por favor, pratique esse experimento na paixão de forma segura.

Uma chance de dois adultos dispostos, quando a química parece certa, pode te fazer sentir sexy, atraente e desejada.

Mas não se vicie nisso como um substituto para o amor. Não é.

Escute o conselho de amigos e o valorize, mas como cometer erros é uma condição humana incurável, você colecionará suas experiências boas e ruins e tentará aprender com elas.